quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Banpará deve voltar a funcionar na sexta-feira

Os clientes do Banpará em Juruti estão preocupados. Desde terça-feira fora do sistema on line, devido a problemas técnicos, o banco não pode realizar suas operações. Os clientes que têm dinheiro no banco estão impossibilitados de realizar seus negócios porque não podem fazer qualquer tipo de operação.
Segundo informações da gerência do Banpará, o problema ocorreu apenas na agência de Juruti devido à queima de um aparelho chamado roteador, que foi solicitado para Belém e deve chegar a cidade de Juruti na tarde desta quinta-feira.
Com essa providência a agência do Banpará em Juruti deve voltar a operar normalmente nesta sexta-feira. A maior preocupação é com relação aos servidores do Estado cujos pagamentos começaram a ser feitos na terça-feira, mas eles não estão podendo sacar seu dinheiro.
Conforme o calendário de pagamentos da Sead, amanhã, 30, é a data de pagamento dos servidores lotados na Seduc, órgão que tem o maior contingente em Juruti.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Estado inicia pagamento dos salários de agosto

O governo do Estado inicia, nesta segunda-feira (26) o pagamento dos servidores públicos da administração direta e indireta, referente ao mês de agosto de 2013. Segundo o cronograma divulgado pela Secretaria de Estado de Administração (Sead), os inativos militares e pensionistas civis e militares serão os primeiros a receber. O pagamento será encerrado na sexta-feira (30), com os servidores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), da capital e do interior. Abaixo, o calendário de pagamento:
 
Dia 26 (segunda-feira) - Inativos Militares e Pensionistas Civis/Militares.
 
Dia 27 (terça-feira) – Inativos Civis E Pensões Especiais/Sead.
 
Dia 28 (quarta-feira) – Auditoria, Casa Civil, Casa Militar, Consultoria Geral, Defensoria, Gab-Vice, Procuradoria Geral, Naf, Secretarias Especiais, Sepaq, Secti, Sead, Sefa, Sepof, Sagri, Sema, Secult, Sedurb, Seel, Seicom, Sejudh, Seop, Sespa, Seter, Seas, Setran, Secom e Setur.
 
Dia 29 (quinta-feira) – Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar, Segup, Adepará, Arcon, Asipag, Cdi, Ceasa, Cohab, Cpc/Renato Chaves, Detran, Egpa, Emater, Fcg, Fcptn, Fcv, Fasepa, Funtelpa, Fapespa, Hospital De Clinicas, Hospital Ophir Loyola, Hemopa, Iap, Imep, Iasep, Igeprev, Ioe, Iterpa, Jucepa, Paratur, Prodepa, Santa Casa, Susipe, Uepa, Ideflor, Idesp, Loterpa, Cph e Ngtm.  
 
Dia 30 (sexta-feira) - Seduc 

Toba morre vítima de afogamento em frente a cidade

Roni Salgado, Toba,
foi mais uma vítima do
alcoolismo
Roni Salgado (Toba) figura folclórica em nosso município, faleceu ontem, dia 26, vítima de afogamento. Toba costuma frequentar as dependências do Mercado Municipal onde fazia pequenos serviços como carregador. O cidadão era alcólatra, mas não fazia mal a ninguém, muito pelo contrário, tinha um círculo de amizade nos locais por onde passava. Foi, sem dúvida, mais uma vítima desse mal terrível que assola nossa sociedade, as drogas.
Vários vereadores da Câmara Municipal de Juruti, como Luiz Braga, Rogerinho, Heriana Santos, Carlos Alberto, Manoel Borges, Janisson Natividade, Fladimir Andrade fizeram alusão a esse fato triste que ocorreu em Juruti.
Solidariedade - A Câmara de Juruti também propôs moção de solidariedade à família do empresário Linderberg Benitah e sua esposa Eliane Benitha pela perda de seu filho, fato ocorrido também nesta segunda-feira e que deixou triste boa parte da comunidade jurutiense. 

Vereador solicita criação da Casa de Apoio de Juruti em Santarém

Vereador Fladimir Andrade pediu a
criação da Casa de Apoio de Juruti
em Santarém
O vereador Fladimir Andrade (PSC) apresentou na sessão desta terça-feira, 27, na Câmara Municipal um importante projeto solicitando do Executivo a criação da Casa de Apoio de Juruti na cidade de Santarém, nos mesmos moldes da que existe em Manaus, para atender e abrigar pacientes que precisem se deslocar até aquela cidade em busca de melhorias para sua saúde.
Na sua justificativa, o vereador diz que existe uma demanda considerada de pacientes encaminhados pela Secretaria de Saúde de Juruti para tratamento fora fora de seu domicílio, sendo boa parte desse percentual vai para Santarém sem ter onde ficar.
Para Fladimir a criação dessa Casa de Apoio amenizará o sofrimento de muitas famílias que sofrem sem ter um lugar para ficar e muitas vezes sem condições de pagar a estadia durante o período de tratamento.
Andrade argumenta ainda que coma criação da Casa de Apoio de Juruti em Santarém a vida tanto dos pacientes como dos acompanhantes terá uma melhora considerada, visto que o espaço é destinado para abrigar uma clientela específica sem comprometer a vida social de terceiros.
O vereador finaliza dizendo que essa implantação será um grande presente da Prefeitura de Juruti para a comunidade jurutiense que precisa se deslocar até Santarém em busca de tratamento  de doenças.  

Vereadores pedem providências para combater o tráfico de drogas em Juruti

Vereador
Luiz Braga cobrou
comabte às drogas
em Juruti
Em um pronunciamento emocionado o vereador Luis Antonio Braga (PMDB)  pediu providências urgentes às autoridades locais para um combate efetivo ao tráfico de drogas que, segundo ele, impera livremente em Juruti sem que as autoridades policiais tomem as devidas providências.
Ele citou o caso de um jovem de Juruti, filho de um empresário, que chegou a óbito em função do uso "praga" que toma conta de boa parte da sociedade. O vereador pediu que a Câmara se una junto ao Executivo para cobrar medidas energéticas e mostrar para os "bandidos" que Juruti tem lei e a sociedade merece viver em paz.
Por sua vez, o vereador Fladimir Andrade (PSC), líder do governo na Câmara, disse que o tráfico existe em Juruti devido a ineficiência da Polícia Civil. "A Polícia Militar faz a sua parte, mas a Polícia Civil" deixa muito a desejar, disse o vereador.  Em aparte, o vereador Manoel Borges (PSD) relatou vários casos em que pessoas envolvidas com drogas e assassinatos foram presas pela Polícia Militar, mas no outro dia estavam liberadas pela Polícia Civil. 
Fladimir Andrade também
mostrou preocupação com
o tráfico de drogas em
Juruti

Borges disse ainda que já solicitou do prefeito Marco Aurélio que faço um apelo junto ao Governo do Estado para melhorar a atuação da Polícia Civil em Juruti. Outros vereadores que estavam em plenário também manifestaram preocupação com a situação que Juruti enfrenta por causa das drogas.
A sugestão é que os dois poderes Executivo e Legislativo façam uma reunião urgente para cobrar providências de todas as forças policiais possíveis, como Polícia Federal e até a Força Nacional para acabar com essa facilidade que os traficantes têm em Juruti.


sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Ministro da Pesca desiste de reunião em Santarém e pescadores ficam revoltados



Crivella deixou os pescadores da região
na mão e foi repudiado
Uma reunião que estavam marcada para hoje, 23, em Santarém com o ministro da Pesca, Marcelo Crivella, não ocorreu porque o ministro desistiu de ir a Santarém em cima da hora. Centenas de pescadores de toda a região Oeste do Pará se deslocaram para o local, fazendo grandes despesas. Por conta disso, os pescadores consideraram como "uma falta de respeito do Governo Federal para com os pescadores do Oeste do Pará".
Um dos assuntos que deveriam ser tratados nesse encontro é sobre o registro de pescadores junto a esse ministério, uma vez que nos últimos tempos milhares de registros foram cancelados sem nenhuma justificativa plausível.

Definida a programação da Semana da Pátria em Juruti

Aconteceu na tarde desta quinta feira (22) nas dependências da Secretaria Municipal de Educação - SEMED, a reunião com os diretores das escolas Municipais e Estaduais. A pauta da reunião foi a “Programação da Semana da Pátria”, que esse ano traz o tema: “Patriotismo e Cidadania”. Na reunião foi realizado o sorteio da ordem dos desfiles, confira:

Dia 02/09/2013. Abertura da Semana da Pátria enfrente a Prefeitura a partir das 08:00 horas.

Dia 05/09/2013. Desfile das Escolas Municipais e/ou RC DE Educação Infantil na Área do Tribódromo a partir das 17:00 horas.
1. Escola E.M.E.I Rosa de Sarom
2. Escola E.M.E.I Cristã Paz
3. Escola E.M.E.I Disneylândia e Criança Feliz
4. Escola E.M.E.I Casulos
5. Escola E.M.E.I.F Zelinda de Souza Guimarães
6. Escola E.M.E.I.F Batista Dilma Röösli

Dia 06/09/2013. Desfile das Escolas Estaduais na Área do Tribódromo a partir das 18:00 horas.
1. Escola E.E.E.F.M Emanuel Salgado Vieira
2. Escola E.E.E.F.M Américo Pereira Lima
3. Escola E.E.E.M Vereador Raimundo de Sousa Coelho

Dia 07/09/2013. Pela manhã desfile da Escola EEEF Nossa Senhora da Saúde.
Dia 07/09/2013. Desfile na Área do Tribódromo a partir das 18:00 horas.
1. Escola E.M.E.F Maria da Saúde P. Cunha
2. Escola E.M.E.F Vereador Raimundo de Sousa Coelho
3. Escola E.M.E.F Maria Lúcia Nascimento
4. Escola E.M.E.F Elza Albuquerque
5. Escola E.M.E.F Professora Maria da Silva Pereira
6. Escola E.M.E.I.F Zelinda de Souza Guimarães
Participe deste ato cívico!!


Vereador propõe mão única para a rua Floriano Peixoto

Vereador Carlos
Alberto
O vereador Carlos Alberto Oliveira (DEM) apresentou projeto de lei na Câmara Municipal de Juruti que solicita da Prefeitura, através do setor competente, a transformação de um trecho da rua Floriano Peixoto em mão única, notadamente o perímetro que passa em frente a escola Batista e o Banco do Brasil. A seguir você confere a justificativa do parlamentar para propor esse pelito.
"Apresentei na Câmara municipal um projeto de lei tornando a travessa Floriano Peixoto (que passa em frente ao Banco do Brasil) em mão única, vindo da Osvaldo Pereira da Costa até a Avenida Joaquim Gomes do Amaral.

Nosso projeto se dá por conta dos transtornos nessa via pública nesse perímetro como hoje é mão dupla vira um caos principalmente no período de pagamento de funcionários em fre
nte ao Banco do Brasil e da igreja Adventista da Promessa.

Todos os moradores da referida travessa que consultamos foram favoráveis, nesse mesmo projeto determina que seja feito faixa de pedestre em frente ao Banco do Brasil".

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

CRIAÇÃO DE GALINHA E DE PEIXE EM GAIOLA – ALTERNATIVA QUE PODE MUDAR A VIDA DE COMUNITÁRIOS DA REGIÃO DE JURUTI VELHO


Reportagem especial: Udirley Andrade
Criação de galinhas caipira é uma das atividades
em Juruti Velho
Juruti Velho, a cerca de 03 horas de barco do porto de Juruti, Oeste do Pará, é uma região composta por 51 comunidades, onde vivem aproximadamente 9 mil pessoas. Tem atraído a atenção de turistas de várias partes do Brasil e do exterior por suas belezas naturais, que mostram o potencial turístico que a região oferece. As águas escuras que banham Juruti Velho revelam grande atrativo no período de setembro a fevereiro: belas praias de areia branca e de água cristalina, que podem ser encontradas com facilidade em quase todas as comunidades que formam a região. Mas tanta beleza esconde uma triste realidade: capturar o peixe para a alimentação do dia a dia dos comunitários não é nada fácil. A escassez do produto tem levando muitos moradores a investir em outras atividades, como a criação de peixe em gaiola flutuante e a criação de galinha. A iniciativa faz parte de um projeto  criado pela Associação das Comunidades da Região de Juruti Velho.

Há dois anos, a rotina de dona Ester de Matos Pereira, que mora na comunidade Monte Moriá, tem sido a mesma: acordar cedo, preparar o café para o marido e cuidar das galinhas que cria no quintal. A criação de aves foi alternativa encontrada por ela para conseguir um dinheiro a mais, haja vista que a produção de derivados da mandioca, como a farinha e o beiju, não estava sendo suficiente para gerar a renda necessária para a manutenção da família e da pequena propriedade, que fica às margens do lago Juruti Velho.

O casal recebe frequentemente a vista de pessoas de várias partes do município de Juruti, interessadas nas galinhas criadas por dona Ester. Segundo ela, a criação dá muito trabalho, mas os resultados são satisfatórios. Em 2012, dona Ester recebeu da Associação das Comunidades da Região de Juruti Velho  uma importante contribuição que fortaleceu ainda mais a atividade. Com recursos oriundos da associação, ela construiu um novo galinheiro e recebeu 50 pintos. Dona Ester explica que depois de 03 meses as aves estão no ponto de abate. Cada frango é vendido a um preço que varia de R$ 20,00 a R$ 25,00. Alguns chegam a pesar cerca de 02 quilos.

Nos próximos meses, o casal de comunitários pretende preparar um local especial para investir na produção de ovos. Hoje, dona Ester cuida de aproximadamente 100 aves, que estão no pronto de ser comercializadas. As galinhas são alimentadas duas vezes ao dia, pela manhã e tarde. Diariamente, são necessários 15 quilos de ração ou de milho para alimentá-las. Enquanto dona Ester cuida das aves, o esposo dela, seu José, trabalha na produção de mudas de espécies nobres, como o Cumaru. As mudas produzidas por ele são usadas no reflorestamento do local onde moram. O casal ainda cultiva árvores frutíferas que, em breve, estarão produzindo e gerando mais uma alternativa de renda.

Hoje, 25 comunitários de Juruti Velho estão investindo na criação de galinha. E esse número deve aumentar, pois outros moradores estão mostrando interesse em desenvolver a atividade, que tem se apresentado como uma boa fonte de renda. Além da criação de galinha, alguns produtores também apostam na produção de hortaliças e na criação de peixe em gaiola flutuante. 

A proposta de criação de peixe em gaiola surgiu no ano passado. Em 2012, alguns moradores de Juruti Velho participaram de treinamento e receberam orientações para desenvolver a atividade.  Na oportunidade, os comunitários ficaram entusiasmados e apostaram na ideia. Em janeiro de 2013, trinta e duas pessoas começaram a colocar em prática os conhecimentos adquiridos e, com o apoio da ACORJUVE, estão criando peixes da espécie tambaqui, em gaiolas colocadas no lago Juruti Velho.
As gaiolas são construídas em madeira, encontrada na própria região, e forradas com uma espécie de tela. Recipientes de plástico fixados nas bordas das gaiolas garantem a flutuação. “Apresentamos aos comunitários um material acessível. Tanto a madeira quanto os recipientes plásticos podem ser encontrados com facilidades, a baixo custo”, destaca a técnica  Sara Xavier de Oliveira, que presta assistência aos criadores de peixe.
Na comunidade Capitão, por exemplo, a criação de peixe em gaiola é desenvolvida por dois produtores. Seu Antonio Carlos da Silva Magalhães é um deles. Há pouco mais de dois meses deu início à atividade. Numa pequena gaiola, o comunitário colocou 1000 alevinos de tambaqui, dos quais 500 foram doados pela Associação das Comunidades da Região de Juruti Velho, que também vai fornecer a alimentação dos peixes até eles completarem 11 meses, ocasião em que estarão aptos para a comercialização. Enquanto aguarda, seu Antonio tem se dedicado ao plantio da mandioca para a produção de farinha e de outros derivados, bem como à plantação de hortaliças, para o consumo próprio.
Cada gaiola mede pouco mais de 7m³ e é suficiente para manter os 1.000 alevinos confortáveis durante os primeiros 04 meses. Depois, há a necessidade de mais gaiolas para dividir a quantidade de peixes. Com espaço suficiente, o tambaqui adquire peso e tamanho ideais para comercialização. Regulamente, a técnica em recursos pesqueiros, Sara Xavier, visita os produtores, fazendo o acompanhamento da criação.
            Seu Antonio fornece o alimento aos peixes, à base de ração balanceada, três vezes ao dia. Por semana são necessários 03 quilos de ração. Quanto à atividade, o comunitário está muito confiante. Para capturar o peixe usado na alimentação de sua família, composto pela mulher e por onze filhos, seu Antonio precisa ir às margens do rio Amazonas, que fica distante da região, e passar horas pescando. Com a criação, que em breve estará pronta para ser comercializada, o comunitário vai aproveitar uma boa parte para alimentar a família.
Ameaça – mas a criação de peixe em gaiola em algumas comunidades da região de Juruti Velho está ameaçada. A elevação da temperatura, a sujeira e a quantidade de óleo diesel que escapa das embarcações, principalmente das rabetas, estão provocando a morte dos peixes. Uma análise feita pelo laboratório do Instituto Federal do Amazonas, em Parintins, constatou que o óleo diesel tem grande parcela de contribuição. 

A fim de evitar esses tipos de problemas, a Associação das Comunidades da Região de Juruti Velho chama a atenção dos comunitários para que sejam tomadas medidas urgentes. Quanto ao óleo diesel presente nas águas do lago, a  orientação é para que os comunitários tomem todos os cuidados necessários para evitar o vazamento. Quanto à sujeira, a comunidade tem recebido uma série de orientações para não jogar resíduos sólidos no lago, pois grande parte desses resíduos leva até centenas de anos para se decompor, representando uma séria ameaça ao meio ambiente.
(*) É professor e jornalista

Confira outras fotos dessa reportagem







quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Autorização para o programa Luz Para Todos será assinada em setembro

Prefeito Marco Aurélio com deputados e vereadores
em Brasilia reivindicando o programa Luz Para Todos
O prefeito Marco Aurélio Dolzane, esteve hoje, 21, no Ministério das Minas e Energia em Brasília tratando do programa Luz Para Todos para o município de Juruti, especialmente para a região de Juruti Velho. O prefeito foi recebido pelo coordenador nacional do programa Luz para Todos e esteve acompanhado dos deputados federais Nilson Pinto, Miriquinho Batista e Lira Maia; do deputado estadual Zé Maria e dos vereadores de Juruti Fladimir Andrade e Janisson Natividade.
Na reunião Marco Aurélio solicitou urgência  na execução desse programa em Juruti, notadamente nas comunidades que integram a região de Juruti Velho, que hoje são atendidas com geradores a diesel que consomem  uma boa parte do orçamento do município, uma vez que toda a demanda para manter essas comunidade com energia é custeada pela prefeitura, desde a compra do motor até a manutenção e compra do óleo diesel.
Na reunião ficou acertado que em setembro, em data ainda a combinar, finalmente será assinado pelo Ministro das Minas e Energia o contrato de extensão do programa Luz Para Todos para a região de Juruti Velho e para o município de  Juruti. O prefeito comemorou mais uma etapa vencida na luta pela energia de qualidade  para aquela região. Segundo ele,  após essa assinatura, os responsáveis pelo programa deverão começar o trabalho em Juruti Velho.

Marquinho Dolzane informou ainda que na próxima terça-feira, 27, os deputado Nilson Pinto, Miriquinho Batista e Lira Maia terão uma reunião com o secretário de planejamento do Ministério das Minas e Energia para tratar de outro assunto importantíssimo para nossa região que é o rebaixamento do Linhão de Tucuruí para beneficiar os municípios da Calha Norte. 

Câmara aprova projeto de Mobilidade Urbana de Juruti

Plenário da Câmara Municipal de Juruti
A população de Juruti pode se orgulhar de ter uma Câmara Municipal realmente comprometida com o desenvolvimento do município e que, antes de qualquer coisa,  pensa na população. Uma prova concreta disso foi dada na sessão da última quarta-feira, 21, quando os nove vereadores pressentes à sessão ordinária, aprovaram projeto de lei de autoria do Executivo que  autoriza a Prefeitura de Juruti a contratar financiamento junto à Caixa Econômica Federal.
Essa operação de crédito está dentro do PAC 2 denominado de Programa de Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas – Pró-Transporte até o valor de R$ 25 milhões  destinados à pavimentação de vias urbanas de Juruti e subordina-se às condições gerais estabelecidas em instrução normativa do Ministério de Estado das Cidades.
De acordo com a lei, o prazo de carência será de até 48 meses contados a partir da assinatura do contrato de financiamento sendo permitida a prorrogação por até metade do prazo de carência originalmente pactuado. Já o prazo máximo de amortização das ações financeiras será de 20 anos correspondente a 240 meses.
A sessão que aprovou o projeto de lei do Executivo e a lei 013/2013 do Legislativo foi presidida pelo vereador Manoel Borges dos Santos, 1º secretário da Mesa Executiva, que assumiu o cargo de presidente na ausência do seu titular vereador Edjânio Printes que estava exercendo o cargo de prefeito interino do município na ausência do prefeito e vice-prefeito que se encontravam em viagens administrativas.
Nove dos treze vereadores participaram da votação e todos reconheceram a importância do projeto para o município de Juruti, por isso o aprovaram por unanimidade. Com essa possibilidade de empréstimo junto à CEF a Prefeitura de Juruti pretende levar asfaltamento, calçamento e drenagem profunda a praticamente todos os bairros de Juruti, como São Marcos, Santa Rita, São Francisco, Sapupira, Centro, Maracanã I e II e parte do Centro que ainda não está asfaltado.

A população de Juruti comemorou a aprovação do projeto com muitos fogos por toda a cidade, principalmente os moradores da periferia que terão em breve suas ruas totalmente asfaltadas e calçadas. Os vereadores elogiaram a iniciativa do prefeito Marco Aurélio  e sua equipe de buscar sempre o melhor para Juruti sem discriminar ninguém. “jamais serei contra um grande projeto que vai beneficiar a população”, disse o vereador Luiz Braga (Toró). Por sua vez o vereador Elivan Rocha declarou: “não vou impedir um sonho de nosso povo que quer melhoria de nossos bairros”.  Já o vereador Rogério Soares disse: “apoio esse projeto porque sei que é bom para a população que espera esse trabalho do vereador”. Outro que se pronunciou foi o vereador Carlos Alberto. Ele disse: “se fosse para pagar dívidas antigas eu seria contra esse projeto, mas como é para investir na melhoria da qualidade de vida da população, sou totalmente a favor, pois sei que um dos sonhos da população é ver sua rua asfaltada”. 

PT e PMDB caminham para palanque duplo em vários estados

Apesar da tentativa de diálogo entre lideranças do PT e PMDB, a sucessão de Sérgio Cabral no Rio de Janeiro continua sendo o “grande nó” da aliança prioritária firmada entre os dois partidos, com o objetivo de reeleger a presidente Dilma Rousseff em 2014. Em jantar oferecido pelo vice-presidente Michel Temer, na segunda-feira, no Palácio do Jaburu, os peemedebistas evitaram discutir o assunto. Já os petistas colocaram a candidatura do senador Lindbergh Farias como “certa”.
O silêncio dos peemedebistas sobre o tema foi motivado principalmente pela crise de imagem enfrentada por Cabral, que virou um dos principais alvos das manifestações ocorridas em junho. Na avaliação dos colegas de partido, o “derretimento” do governador coloca a sigla em desvantagem na negociação com o PT neste momento. Por isso, os peemedebistas resolveram deixar o assunto para depois. LEIA MAIS...

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Previ Barco vai atender em Juruti em setembro

A Prefeitura de Juruti como principal parceira do PREVBARCO Santarém I, avisa as pessoas que precisam de informações sobre aposentadoria, seguro desemprego, auxílio maternidade, perícia e outros serviços da previdência social que o barco vai atender em frente a cidade, próximo a balsa da lancha Tapajós, a partir das 8h da manhã no período de 02 a 06 de setembro.

Com o atendimento por meio do PREVbarco a Gerência do INSS visa facilitar o acesso dos segurados, que moram  em cidades que não dispõem de uma agência fixa, aos serviços e benefícios previdenciários. Levando a Previdência Social  para onde o cidadão interiorano está, o PREVBarco  evita que o usuário seja obrigado a percorrer longos e onerosos trechos de um município a outro, para requerer benefícios ou sempre que precisar resolver alguma demanda junto ao INSS.

Prefeito anuncia início da construção dos galpões das tribos Muirapinima e Mundurukus

O prefeito Marco Aurélio Dolzane do Couto, acompanhado de secretários e vereadores da Câmara Municipal de Juruti, reuniu na manhã desta segunda-feira, 19, com os presidentes das tribos Muirapinima e Mundurukus, Gilvan Gomes e Edon Cativo, respectivamente, ocasião em que anunciou o início da construção  dos tão sonhados galpões das tribos de Juruti.
O gerente da empresa Tupaiu, que venceu a licitação para a devida construção, Geraldo Resende Neto, explicou que  cada galpão terá a medida de 15m x 30m e será erguido dentro das dependências das próprias tribos. Disse ainda que os galpões são padronizados e terão vestiários masculino e feminino, almoxarifado e poços artesianos.
A pedido do prefeito Marco Aurélio, a mão de obra a ser utilizada nessas construções deverá ser de Juruti, exceto os casos em que não houver os profissionais aqui. Cada galpão custará R$ 373.854,90  dinheiro liberado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Obras Públicas do Pará (Seop), atendendo a uma emenda do deputado estadual Júnior Ferrari.
Para o prefeito jurutiense, essa é mais uma confirmação  do compromisso que este governo tem com a cultura de nosso município onde está incluído o Festival das Tribos. “Com esses galpões as tribos terão mais um espaço para confeccionar e guardar suas alegorias e fantasias, além de poder usar como oficina de arte. Por isso agradecemos a dedicação do deputado Júnior Ferrari para com nossa cultura”, disse o prefeito.
Os presidentes das duas tribos mostraram-se entusiasmados com mais essa conquistas. Para eles, esse é o espaço que as tribos precisavam para guardar seus materiais evitando que as alegorias fiquem a céu aberto tanto antes como depois do Festribal.
A previsão para a conclusão da obra é de seis meses devendo ocorrer a inauguração no mês de março de 2014.


Jovem confessa ter matado o pai e a irmã para roubar dinheiro

Atualizada às 20h31
Depois de duas horas de depoimento na Seccional de Polícia Civil de Santarém, Yarle Cardoso Gomes de 19 anos, confessou ter matado o pai e a irmã no início da manhã desta segunda-feira (19), ter em Santarém, oeste do Pará.

O jovem afirmou que queria o carro do pai para vender e comprar drogas. "Tava tudo fechado. A minha madrasta saiu e eu entrei, peguei a chave e ia saindo. Meu pai me barrou na porta e disse: 'tu vai pra onde essa hora da manhã?' Eu disse: 'vou vender isso aqui e trocar por droga'. Eu já tava drogado. Aí ele disse: 'não vai não'. Eu tinha esquecido o controle e fui buscar. Peguei o facão e dei a terçada e depois minha irmã veio e fiz a tragédia toda como vocês já sabe", confessou Yarle.

O acusado está a disposição da justiça e será transferido a Penitenciária Agrícola Silvio Halll de Moura (Penitenciária de Cucurunã).

Os corpos passaram por perícia no IML e foram liberados esta tarde. A família decidiu fazer o sepultamento no estado de Goiás, local onde as vítimas nasceram.


Entenda o caso
Um empresário e a filha foram encontrados mortos no início desta manhã de segunda-feira (19), na própria casa, localizada na Avenida Fernando Guilhon, bairro Maracanã, em Santarém, oeste do Pará.

Segundo a polícia, um jovem invadiu a casa e com golpes de terçado matou Valter Carvalho Gomes de 43 anos e Bruna Oliveira Gomes de 20 anos. Os corpos foram encontrados pela esposa de Valter, Aldeíde de Lima Oliveira que tinha saído para levar a filha mais nova na escola. Ao retornar a casa, encontrou Bruna morta no banheiro com cortes nas costas e o marido no quarto com o braço direito decepado.

Valter era proprietário de um açougue e a jovem era estudante de direito e trabalhava no Fórum de Justiça. 

A polícia foi acionada para uma tentativa de assalto, mas no local havia uma sandália com marcas de sangue que segundo a mãe de Bruna, era de Yarle Cardoso Gomes, de 19 anos, conhecido como Junior, filho de Valter com outra mulher. A partir da pista, ele passou a ser apontado como principal suspeito.

O carro modelo Hillux que estava na garagem foi levado. O helicóptero do grupamento aéreo fez sobrevoo e localizou o veículo próximo ao município de Mojui dos Campos

Imediatamente a polícia iniciou as buscas pelo suspeito nas proximidades do município.

Por volta de 9h45, a polícia capturou o suspeito Yarle na Comunidade de Pedra, cerca de 7 quilômetros depois de Mojui dos Campos. O carro foi achado em cima de uma balsa parcialmente amassado. A polícia acredita que ele capotou, mas continuou viagem. O objetivo dele, segundo a polícia, seria chegar até a comunidade Alto Seco, onde a mãe mora.

Redação Notapajos

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Prefeitos de Juruti e Santarém assumem compromisso com região do Lago Grande

Prefeitos Marquinho e Alexandre com demais
integrantes dos dois governos municipais
Os prefeitos de Juruti, Marco Aurélio Dolzane, e de Santarém, Alexandre Von, participaram de uma reunião com líderes comunitários da região do Lago Grande para definir ações para a recuperação de mais de 80 km de estradas e vicinais que beneficiam comunidades de Juruti e de Santarém. A reunião ocorreu no dia 17 de agosto, na comunidade Piraquara, com a presença de secretários e vereadores dos dois municípios, incluindo os presidentes da Câmara, Henderson Pinto (Santarém) e Edjânio Printes (Juruti), além dos deputados estaduais Zé Maria e Nélio Aguiar.

Alexandre Von agradeceu a Prefeitura de Juruti pelos atendimentos de saúde aos santarenos do Lago Grande e pelo prefeito se mostrar sensível às dificuldades da região. Para o prefeito de Juruti, essas parcerias são necessárias. “É importante que os prefeitos sejam parceiros para que a região e as pessoas tenham qualidade de vida. Com esta união e também com as parcerias dos deputados estaduais, vamos lutar pela PA 257, e vamos recuperar essas estradas. No que as comunidades precisarem, podem contar com a Prefeitura de Juruti. Mesmo com todas as dificuldades financeiras, jamais mediremos esforços”, afirmou Marco Aurélio.

Além do compromisso dos dois prefeitos com a região, os dois deputados também se comprometeram em levar ao Governo do Estado, as demandas de recuperação da PA 257 (translago). O objetivo das Prefeituras é inaugurar essas estradas no mês de outubro deste ano, sob a responsabilidade das secretarias de Agricultura, pela parte de Santarém, e de Infraestrutura, pela parte de Juruti.

Agricultores invadem prédio do Incra em Santarém

Agricultores no escritório do Incra em
Santarém
Centenas de agricultores de comunidades e assentamentos localizados em torno das rodovias Santarém-Cuiabá (BR-163) e PA-370 (rodovia Santarém/Curuá-Una) invadiram e acamparam no prédio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), localizada na Avenida Presidente Vargas, por volta de 15h, desta segunda-feira, 19.
Os agricultores reivindicam melhorias por parte do Incra em centenas de comunidades e assentamentos, localizados no Município de Santarém. Entre as principais reivindicações dos colonos estão: a implantação do programa “Luz Para Todos”; construção de micro sistemas de água potável, manutenção de estradas e vicinais e inscrição na Relação de Beneficiários (RB) do Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA).
O presidente da Comunidade de Samaúma, localizada em uma vicinal da rodovia Santarém/ Curuá-Una, Adamor Marcos Santos, afirma que toda vez que chove a estrada fica intrafegável e, que dificulta a escoação dos produtos, por conta dos moradores terem que fazer um percurso de 40 quilômetros até a PA-370.
Agricultores querem que Incra visite comunidade de Samaúma
Agricultores querem que Incra visite comunidade de Samaúma
Um dos maiores problemas dos agricultores, segundo Adamor, é conseguir a RB, por causa da burocracia imposta pelo Incra. “Sem esse programa a gente não tem direito a financiamento e a nada. Por isso pedimos para que o Incra faça uma visita em Samaúma e coloque essas pessoas no RB”, reivindica.
Adamor denuncia, ainda, que existem pessoas que não moram na comunidade, mas que ocupam quatro ou cinco lotes e, que o Incra deveria retirá-las para colocar famílias que queiram trabalhar na agricultura e morem no local.
“Vamos continuar acampados até sermos ouvidos. Se for preciso vamos trazer mais pessoas de outras comunidades para fortalecer o movimento dos agricultores. Hoje, vamos permanecer dentro do prédio do Incra e amanhã vão chegar mais pessoas”, avisou Adamor Santos.
Fonte: RG 15/O Impacto

Pai e filha são assassinados a golpes de terçado em Santarém

Atualizada às 11h18

Um empresário e a filha foram encontrados mortos no início desta manhã de segunda-feira (19), na própria casa, localizada na Avenida Fernando Guilhon, bairro Maracanã, em Santarém, oeste do Pará.

Segundo a polícia, um jovem invadiu a casa e com golpes de terçado matou Valter Carvalho Gomes de 43 anos e Bruna Oliveira Gomes de 20 anos. Os corpos foram encontrados pela esposa de Valter que tinha saído para levar a filha mais nova na escola. Ao retornar a casa, encontrou Bruna morta no banheiro com cortes nas costas e o marido no quarto com o braço direito decepado.

Valter era proprietário de um açougue e a jovem era estudante de direito e trabalhava no Fórum de Justiça. 


A polícia foi acionada para uma tentativa de assalto, mas no local havia uma sandália com marcas de sangue que segundo a mãe de Bruna, era de Iarlei Cardoso Gomes, de 19 anos, conhecido como Junior, filho de Valter com outra mulher. A partir da pista, ele passou a ser apontado como principal suspeito.






    O carro modelo Hillux que estava na garagem foi levado. O helicóptero do grupamento aéreo fez sobrevoo e localizou o veículo próximo ao município de Mojui dos Campos

    Imediatamente a polícia iniciou as buscas pelo suspeito nas proximidades do município.

    Por volta de 9h45, a polícia capturou o suspeito Iarlei na Comunidade de Pedra, cerca de 7 quilômetros depois de Mojuí dos Campos. O carro foi achado em cima de uma balsa parcialmente amassado. A polícia acredita que ele capotou, mas continuou viagem. O objetivo dele, segundo a polícia, seria chegar até a comunidade Alto Seco, onde a mãe mora.

    O suspeito já está detido na Delegacia de Polícia Civil de Santarém. 

    Redação Notapajos

    sexta-feira, 16 de agosto de 2013

    Queda de raio provocou falta de energia elétrica em Juruti

    A direção da Celpa expediu nota esclarecendo o motivo da falta de energia elétrica em Juruti durante boa parte da manhã de hoje. A seguir você confere as expilações da empresa.

    A Celpa informa que a queda de raios, durante o temporal ocorrido na madrugada desta sexta-feira (16), danificou equipamentos da usina de geração de energia elétrica que atende Juruti, provocando a interrupção do fornecimento. Imediatamente equipes de manutenção foram enviadas ao local para reparar os danos e conseguiram restabelecer o fornecimento ainda na manhã de hoje.

    MEC prorroga prazo de matrícula do Sisutec

    O Ministério da Educação decidiiu prorrogar até a próxima terça-feira (20) o prazo para que os candidatos aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) façam a matrícula no curso para o qual foi selecionado. O prazo original terminava nesta sexta-feira (16). A portaria com a mudança foi publicada nesta sexta-feira no "Diário Oficial da União".

    No dia 29 de agosto, até 16 de setembro, as vagas remanescentes estarão disponíveis no site do Pronatec. Neste caso, o estudante poderá concorrer tendo apenas concluído o ensino médio, mesmo que não tenha feito o Enem. LEIA MAIS...

    quinta-feira, 15 de agosto de 2013

    Revolta – População vai às ruas contra prefeito de Óbidos

    Revolta popular em Óbidos, prefeito pediu 15 dias
    para regularizar situação
    Revoltada com os problemas ocasionados pela má administração do prefeito Mário Henrique, a população do município de Óbidos, Oeste do Pará, realizou uma série de manifestos nesta semana cobrando melhorias nas área de infraestrutura, saúde pública, educação, entre outras.
    Depois de denúncias feitas por nossa reportagem na semana passada, relacionadas a má administração do atual gestor da cidade, e de precariedade na segurança pública, mais precisamente a questão da Delegacia da cidade que está quase caindo na cabeça dos policiais. LEIA MAIS...

    Peixe amazônico pode ser substituto da sardinha enlatada

    Matrinxã pode ser a substituta da sardinha em lata
    Rainha absoluta das latas, a sardinha (Sardinella brasiliensis) responde por dois terços do mercado nacional de peixes em conserva, o qual faturou R$2,27 bilhões em 2009, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Alimentação. No entanto, ao longo dos anos, tem-se registrado um declínio dos estoques naturais de sardinha. Em 1970, o Brasil pescou 135 mil toneladas da espécie. Já no ano passado, a captura somou pouco mais de 90 mil toneladas. Para assegurar a proteção da sua reprodução, foi instituído o período de defeso, cinco meses anuais em que a pesca é proibida. LEIA MAIS...

    Adiada para setembro a Copa Oeste do Pará

    Estádio Colosso do Tapajós do Tapajós onde
    seriam realizados os jogos
    Informações chegadas agora pela manhã à reportagem do Portal de Juruti dão conta de que a Copa Oeste do Pará que começaria neste sábado, dia 17 de agosto, foi adiada para o mês de setembro. Segundo informações do presidente da Liga Esportiva de Santarém, Silvestre Campinas, o motivo foi que a Federação Paraense de Futebol não repassou a tempo o dinheiro que seria usado para cobrir as despesas da competição como hospedagem das seleções. Silvestre disse que as novas datas ainda serão definidas e as ligas das cidades serão informadas.
    Com isso, fica adiada a viagem da Seleção de Juruti para Santarém que ocorreria nesta sexta-feira. A comissão técnica vai refazer o calendário de atividades a fim de que essa parada não desmotive o plantel.
    O campeonato jurutiense de futebol que seria suspenso durante a competição continua com seus jogos conforme a tabela prevê.

    terça-feira, 13 de agosto de 2013

    Professores de Oriximiná ocupam prefeitura em protesto

    Professores protestaram contra redução de
    salários
    Professores do município de Oriximiná, no oeste do Pará, ocuparam o prédio da prefeitura da cidade nesta manhã de terça-feira (13). Os manifestantes protestam contra um decreto publicado pelo prefeito Gonzaga Viana, que reduz os gastos da folha de pagamento, estabelecendo cortes em várias gratificações dos servidores municipais.

    Devido a manifestação, as aula foram paralisadas. Os servidores se reuniram inicialmente na Casa da Cultura do município, em seguida caminharam em direção à prefeitura.

    No final desta manhã, o prefeito recebeu uma comissão de vereadores e representantes dos professores para negociar a desocupação do prédio e encaminhar os pedidos. Segundo a assessoria do prefeito, havia excessos na folha de pagamento, por isso foram feitos os cortes.

    A Prefeitura Municipal de Oriximiná informou para a nossa equipe de jornalismo, que está cancelado o corte de 20% em cargos de comissão e cargo de confiança, além de gratificações, horas extras e afins, até posterior análise da administração e discussão com servidores públicos atingidos pelo decreto. 

    O corte visava diminuir a folha de pagamento dos Servidores Públicos, que ultrapassou os limites constitucionais, devido a baixa arrecadação municipal nos últimos anos. 

    A prefeitura informará qualquer mudança ocorrida após as negociações com os Servidores Públicos Municipais.





    Redação Notapajos